Wednesday, 22 August 2007

Um dia de sol

Ontem foi um dia de sol. E daí, você pergunta, olhando pela janela para o solaço lá fora, o termômetro decerto batendo nos trinta? E daí que em Auckland um dia de sol, daqueles sem nuvem à vista, é acontecimento a ser comemorado. E aproveitado.

Não é que esteja sempre chovendo. Estou escrevendo este post olhando pela janela do terminal de embarque doméstico para os carinhas lá embaixo preparando o avião da Air New Zealand. Até que o dia não está tão ruim assim. Friozinho como sempre, umas nuvenzinhas lá longe puxando o sol para cima da linha do horizonte. Mas dá pra sentir que a qualquer momento a chuva vai chegar. E depois o sol. E depois a chuva de novo. E sol. E chuva, desta vez com um vento de lascar. E sol. E chuva com sol, com direito a arco-íris gêmeos. Tudo antes do meio-dia, se eu conheço bem Auckland.

Quando a gente acorda para um dia com céu de brigadeiro, na cabeça já começam a se formar os planos: pic-nic no One Tree Hill, tomar um sorvete sentado nas areias de Misson Bay, ou dirigir até Piha ou Waitakere Ranges para fazer uma caminhada? Ou se o dia é de trabalho, pelo menos um almoço no parque tem que rolar. O importante é estar lá fora curtindo cada precioso minuto ao sol.

No comments: